Pensamento

“mesmo sendo fugas através do pensamento sinto-me bem contigo…”


Não peço que o mundo mude
Peço que acalme
A minha inquietude.

Não para te esquecer.
Nunca para apagar memórias.
Quero guardar
Esse livro de histórias…

Guardar todos os beijos
Que consigo lembrar,
E as expressões
Que largaste no ar.
As coreografias
Que nos juntaram
E os gestos
Que nos incendiaram.
A linha da tua boca.
A minha pele sob os teus dedos.
O teu sorriso transparente.
E todos os nossos segredos…



Pic.by Desaparecida

8 comentários:

Anónimo disse...

Vir aqui ao nosso canto, fugir da realidade e sossegar um pouco aqui contigo, neste local que só nós dois conhecemos tão bem, é tão reconfortante, é a forma que encontramos de apaziguar esta vontade de nós, é o caminho para tornar sincronas as nossas vidas assincronas, matamos assim o desejo, a vontade e o amor que o tempo e a vida não quiseram ou nao deixaram viver, ou então é a forma egoista de querermos viver duas vidas ao mesmo tempo, de querer tudo e não viver nada, e de nunca estar sastisfeito com o que se tem, e querer sempre mais.. parece que não há vida que chegue, é sempre preciso mais. Aqui temos o nosso canto, a nossa ligação, que não era preciso sequer existir para ter a certeza que jamais te esquecerei, por muito que seja o esforço para te tirar de mim, estarás sempre no meu coração..

Brain disse...

Acalmar...
A inquietude...

Por vezes é...
TÃO ABSOLUTAMENTE DIFÍCIL!!!!

Um Beijo meu.

mundo azul disse...

...acalmar a inquietude! Há momentos em que só isso já seria um ótimo ganho...
Seu poema é muito bonito e sentido!
Gostei e voltarei...
Beijos de luz!

Vanessa disse...

Que blog *.*
Poemas lindos e tão sentidos.
Gostei muito do que vi :)

~ Beijinho.

Esmeralda disse...

Esquecer momentos doces nunca esquecemos, podemos sim, guardá-los numa gaveta bem funda, tão funda que apenas os relembramos em sonhos sonhados daqueles nunca lembrados ao acordar.

Beijocas, gosto muito do que escreves.

azul disse...

"O teu sorriso transparente.
E todos os nossos segredos…"

lindissimo.

adoro ler-te.

abraço.

Som do Silêncio disse...

Fabuloso!

Adorei mais uma vez estar aqui... (como sempre)

Beijo terno

Anónimo disse...

Adorei ler. É sempre muito bom olhar as diferentes facetas, da prosa à poesia.

Beijos doces